editor

Author Archives

Soluções criativas na Morar Mais 2018

 

Até o dia 9 de setembro acontece a Morar Mais no Casa Shopping na Barra da Tijuca. Este ano são 50 espaços com soluções para sua casa e de seus clientes. O que o aluno do curso de design de interiores Decorsalle aprende em sala de aula é visto na prática dentro da mostra que surgiu em 2004.

A proposta é ter um lar aconchegante sem gastos exorbitantes, por isso é possível encontrar desde tendências até a utilização de materiais alternativos como cortiça, papelão, vergalhão e plástico. Os ambientes brincam com formas e cores, tudo com uma pegada moderna e descontraída como pede a vida urbana, além do toque da sustentabilidade tão presente nos projetos atuais.

Junto com a mostra você pode conferir o trabalho de profissionais de design que desenvolveram 100 peças ainda não comercializadas como móveis e luminárias.  A Morar Mais está em sua 15ª edição e fica até 9 de setembro de terça a domingo, das 12h às 21h, no CasaShopping – Barra da Tijuca – Av. Ayrton Senna, 2.150, bloco P, 4º piso.


Olhando para o passado para enxergar o futuro

 

A História da Arte

Estudar a História da Arte e das Artes Decorativas é a forma mais eficaz de se atualizar na área de design de interiores. De que adianta entender as tendências atuais se o profissional não sabe de onde elas surgiram? O módulo de História da Arte do curso Decorsalle traz um panorama da arquitetura e da decoração, desde a antiguidade até os dias de hoje.

O módulo de História da Arte já está com matrículas abertas e será intensivo, as aulas iniciam em agosto. O curso é perfeito tanto para profissionais com anos de experiência quanto para os futuros designers de interiores, já que além de complementar a formação com fundamentos históricos, ajuda a pensar na forma como encaramos os espaços privados.

A história serve para entender quem fomos, somos e seremos e por isso é importante analisá-la. Egito Antigo, Idade Média, Renascimento e Brasil Colonial são alguns dos temas abordados em sala de aula. Além disso, é bem interessante ver como eram os costumes que desapareceram e o que permanece quando se trata das artes decorativas e forma de viver. Venha viajar no passado através das imagens e histórias dos séculos passados.

Ficou interessado? Quer se atualizar? Matricule-se no curso de História da Arte do Decorsalle.

o-nascimento-da-venus-de-sandro-botticelli-1360690945242_615x470

Curso de Design de Interiores Decorsalle

Telefone: 2613-2850

Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109

https://www.facebook.com/decorsalle/


Paisagista dá dicas para mudar sua área externa

 

A criatividade do paisagista é que garante os melhores resultados de ambientes externos, é o que afirma o arquiteto paisagista Jorge Batista de Azevedo. Segundo ele hoje são inúmeros os materiais e ofertas de mobiliário e equipamentos para áreas externas, por isso ele separou algumas dicas para o seu projeto, confira:

Escolha bem os materiais

“Tradicionalmente, as madeiras adequadas, as pedras e pisos cerâmicos ainda são muito utilizadas e valorizadas. Entretanto, sempre é bom considerar os custos, inclusive ambientais na hora da escolha dos materiais, daí a recomendação do uso e experimentação de materiais reciclados e que contribuam para a sustentabilidade.” – explica Jorge Batista de Azevedo

Pense na sustentabilidade

A preocupação com a dimensão ambiental e ecológica deve ser prioridade, por isso ele propõe soluções como: adoção de plantas nativas; utilização de materiais recicláveis; observação adequada da insolação; escolha correta das tipologias vegetais; a possibilidade de aproveitamento de águas de chuva para reuso; e oferta de plantas que alimentem a fauna e flora locais. “A promoção da sustentabilidade afinada com a beleza da natureza local sempre deve ser implementada.” – defende o paisagista.

Fique atento a manutenção do ambiente

Segundo Jorge as plantas nativas, em geral, são menos exigentes em termos de cuidados. Ainda assim, existem outras plantas de grande poder de adaptação, que podem receber uma manutenção menos frequente e sobreviverem sem maiores trabalhos. Em todas as situações, o conhecimento e a escolha adequada são fundamentais, uma vez que tudo depende das condições locais de luz, água, solo e clima.

Agrade o seu cliente

O projeto pode até ser durável e sustentável, mas se o custo final ficar três vezes mais caro, com certeza você não vai estar agradando o seu cliente. “A maior preocupação deve ser atender os anseios e necessidades do cliente com ética e responsabilidade. Alertar sobre possibilidades, riscos, custos e necessidades de manutenção.” conta Jorge

Gostou das dicas? Quer saber mais? Matricule-se no curso de Paisagismo do Decorsalle e aprenda mais sobre essa profissão.

Curso de Design de Interiores Decorsalle
Telefone: 2613-2850
Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109
https://www.facebook.com/decorsalle/


História do mobiliário e o conforto

 

Quando olhamos a nossa volta e vemos móveis do nosso cotidiano, nunca paramos para pensar de onde eles surgiram. Mas a verdade é que uma cadeira se tornou uma cadeira depois de anos de evolução humana, seja graças aos materiais, às novas técnicas de produção ou com o auxílio da tecnologia. No curso de História do Mobiliário do Decorsalle o aluno aprende que todo móvel é parte de um processo.

Quando foi que surgiu a necessidade de ter um hall de entrada? E você sabia que as casas na Roma Antiga eram abertas no meio, mas os quartos não tinham janelas? Você com certeza não vai mais ver uma casa da mesma forma.

Com um contexto histórico muitas vezes divertido o módulo traça as linhas evolutivas dos móveis e adereços decorativos, assim como dos ambientes de uma casa. Afinal o móvel na antiguidade precisava ser funcional, mas não necessariamente bonito, muito menos confortável.

Tudo dependia da época, geografia, poder econômico da nação e do dono casa. O estilo de vida de quem morava no lugar quase nunca era levado em consideração, e o que os designers de interiores fazem atualmente de perguntar as preferencias do cliente já foi considerado loucura há alguns séculos.

O curso de História do Mobiliário está com inscrições abertas e será intensivo. Ligue e tire suas dúvidas: 2613-2850

Curso de Design de Interiores Decorsalle

Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109

Telefone: 2613-2850

https://www.facebook.com/decorsalle/


Painel Design de Interiores – áreas de atuação

 

No dia 2 de maio, o curso de Design de Interiores Decorsalle promoveu um encontro de profissionais e futuros profissionais do mercado de decoração. O painel Design de Interiores – áreas de atuação reuniu as ex-alunas do Decorsalle Cinthia Marino, Bianca Velardo e Rosângela Brandão para um bate-papo sobre como é trabalhar com design. Uma certeza é que todas são apaixonadas por decoração, mesmo com os altos e baixos da profissão.

Dona do site Casa Prosa, a blogueira e designer de interiores Cinthia Marino lembrou como começou a trabalhar com a Internet e como é importante que cada pessoa, seja ela profissional ou aluno, encontre o seu diferencial de mercado. A pessoa não deve ter medo de olhar as próprias limitações, ela conta que é preciso transformar os limites em pontos positivos. No seu caso a inexperiência e o uso de desenho à mão se tornaram sua marca registrada. “Como eu não sabia como as coisas eram feitas passei a fazer do meu jeito e as pessoas gostaram” – conta Cinthia.

As designers de interiores Bianca Velardo e Rosângela Brandão trouxeram a experiência que possuem em mostras de decoração e clientes diferentes. Desde o início difícil até o reconhecimento e convite para novas mostras, as ex-alunas do Decorsalle contaram que o importante é não desistir. Mesmo com loja de móveis e participando de eventos, Bianca contou que nunca deixa de prospectar novos clientes. “Quando vejo uma obra, eu me apresento para o responsável, deixo um cartão e peço para entregar para o dono da obra. Eu sempre anoto quando eu fui e mais tarde eu volto lá. Não pode ter vergonha.” – conta Bianca

Já Rosângela gosta de customizar móveis que ela desenha e seu marceneiro exclusivo executa. Muitos dos móveis criados por ela são expostos e elogiados nas mostras que participa. Ela contou que apesar de não ter tido retorno financeiro com as mostras de decoração ela não deixa de fazer “Hoje é muito mais fácil conseguir patrocínio para as mostras, os fornecedores nos ligam e novos convites para outros eventos acabam surgindo.” Ao final todos os alunos tiveram a oportunidade de fazer perguntas e expor suas opiniões. Tomara que este seja o primeiro de muitos painéis.


curso de sketchUp Niterói

O diferencial do desenho

 

Como traduzir para um projeto o estilo de vida de uma pessoa? Quem trabalha com design de interiores tem muitas ferramentas para isso, mas uma das principais é a utilização da técnica da perspectiva. Essa técnica surgiu da necessidade de mostrar o ambiente como um todo, com todos os elementos e cores em três dimensões.

Através da perspectiva o designer de interiores consegue “materializar” como ele visualiza o espaço, coisa que para muitas pessoas é algo impossível. Além disso, o desenho detalhado é capaz de valorizar o projeto e portfólio do profissional. O curso Decorsalle possui o módulo de Perspectiva em SketchUp, ministrado pela arquiteta e designer de interiores Maria Cristina de Carvalho Gomes, nele, o futuro profissional aprende técnicas que transformarão os seus projetos em obras de arte.

Segundo a blogueira e designer de interiores Cinthia Marino, ex-aluna do curso Decorsalle, o grande diferencial do trabalho dela é que seus projetos priorizam o desenho. Ela conta que para o profissional é importante ter algo que se destaque e para isso é preciso olhar para suas qualidades e também para os seus limites.

Quer achar o seu nicho de mercado? Matricule-se no curso de Perspectiva em SketchUp do Decorsalle e tenha um diferencial dentro da profissão de designer.

Curso de Design de Interiores Decorsalle

Telefone: 2613-2850

Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109

https://www.facebook.com/decorsalle/


Como satisfazer os clientes do meu cliente?

 

A atenção que um designer de interiores precisa ter ao aceitar um projeto para decorar um estabelecimento comercial deve ser multiplicada. Afinal um único projeto precisa atender três tipos de clientes: o dono do empreendimento, seus funcionários, que irão trabalhar no espaço e os consumidores que frequentarão o ambiente.

Se para um projeto de decoração que conta com apenas um cliente já é complicado traduzir as necessidades em um ambiente harmonioso, imagina quando você não conhece o destinatário final do seu projeto? Para solucionar estes problemas o Curso de Design de Interiores Decorsalle possui o módulo de Decoração Comercial que auxilia o profissional de forma prática e simples.

A arquiteta e professora do Decorsalle Mirian Gonçalves explica que a decoração comercial é uma tendência não apenas no Brasil, mas no mundo todo. O objetivo principal é atrair o consumidor e mantê-lo, para isso é preciso criar uma identidade visual no espaço para atrair o cliente certo. “A identidade visual na decoração deve levar o consumidor a entender com facilidade a proposta daquele espaço criando sensações e sentimentos necessários para melhor utilização do mesmo.” – explica a professora.

A decoração comercial abrange vários tipos de negócios como lojas, consultórios, restaurantes, hotéis, e todos os outros que você consegue imaginar. Uma preocupação em comum destes projetos deve ser fazer com que os usuários do espaço se sintam bem no local, além de tirar o máximo de eficiência dos funcionários com um ambiente agradável, confortável e funcional.

“Melhorando o local de trabalho atrairá mais clientes, os funcionários vão trabalhar melhor e vai aumentar o lucro do proprietário.” – conclui Mirian Gonçalves. Ou seja, projeto comercial bem feito gera lucro, nunca despesa. Para saber mais matricule-se no curso de Decoração Comercial do Decorsalle e aprenda mais sobre essa profissão.

Curso de Design de Interiores Decorsalle

Telefone: 2613-2850

Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109

https://www.facebook.com/decorsalle/


Muito além do jardim

 

Você pode até achar que paisagismo tem a ver com plantas, mas a verdade é que ele lida com muitos outros fatores. O paisagista Jorge Batista de Azevedo nos explica que o profissional de paisagismo pode fazer intervenções de diferentes modos em locais e escalas variados, desde um pequeno vaso ou terrário até um grande parque. “Paisagismo é o estudo da paisagem como um todo. A paisagem é a soma de tudo o que percebemos, portanto engloba a arquitetura, o urbanismo e os espaços livres de edificações.” afirma ele.

Segundo Jorge, além de projetar espaços públicos como praças, calçadões, parques, são os ambientes externos particulares e privativos que oferecem a maior oferta de possibilidades de trabalho do profissional de paisagismo.“Os antigos quintais, por exemplo, podem ser transformados em verdadeiras áreas de lazer ao ar livre, sendo planejados, inclusive para festas e atividades de diferentes tipos de pessoas e faixas etárias.”- diz o paisagista

Jorge Batista de Azevedo também enumera outros locais de responsabilidade do paisagista como o entorno de piscinas, saunas, espaços-gourmet e churrasqueiras que se misturam com hortas, pequenos pomares, canteiros de flores e gramados, áreas para meditação e relaxamento, compondo um todo harmonioso e agradável. “São soluções para todos os gostos, inclusive aquelas alternativas e de baixo custo. Não existem limites de possibilidades e a criatividade do paisagista é quem garante os melhores resultados desses ambientes.”  conclui o paisagista.

Matricule-se no curso de Paisagismo do Decorsalle e aprenda mais sobre essa profissão.

Curso de Design de Interiores Decorsalle

Telefone: 2613-2850

Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109

https://www.facebook.com/decorsalle/

 


Conheça as dicas para que sua obra não se torne uma dor de cabeça

 

 

Depois de um projeto bem pensado sempre vem a parte mais temida para clientes e profissionais: a obra. O Curso de Design de Interiores Decorsalle possui o módulo de Administração de Obras e Serviços para capacitar os profissionais da área para lidar com os contratempos e antecipar as soluções desta etapa do trabalho. Listamos aqui algumas dicas de profissionais para fugir das armadilhas quando for construir ou reformar.

Enumere as etapas para fazer um cronograma

A professora de Administração de Obras e Serviços Terezinha Mansano explica que toda a obra precisa de um tempo para ser concluída, como são muitas as questões que devem ser avaliadas, o correto é enumerar cada etapa para fazer o cálculo deste tempo. “Precisamos formar uma equipe para prestar o serviço, estabelecer a sequência que o serviço será executado e lidar com eventuais atrasos na entrega do material. Tudo isso é trabalho de quem está coordenando, nunca do cliente.” explica a professora.

Aumente seu prazo

Todo cronograma deve aceitar uma flexibilização para os imprevistos, por isso a professora Terezinha indica aos alunos acrescentar mais tempo ao prazo calculado. “Isso é para ter uma margem de segurança de que a obra estará pronta na data estabelecida. O cronograma entregue ao cliente deve conter mais tempo que o planejado para evitar atraso.” afirma ela.

O projeto tem que estar acessível

Além do cliente e do profissional que vai realizar o serviço, o espaço da obra deve ter várias cópias do projeto. “As cópias precisam ser espalhadas pela obra para que todos os profissionais possam consultar a qualquer momento. Elas precisam ser detalhadas, quanto mais detalhes melhor” resume Terezinha.

Comprar um pouco a mais não é desperdício, é economia

“Certos materiais como revestimentos, fiação, canos e cimento devem ser comprados em maior quantidade para que a equipe tenha tudo sempre a mão. Além disso é importante ter uma pequena sobra de piso e revestimento de parede para futuras reposições.” diz Terezinha. A professora explica que lotes diferentes de um mesmo revestimento e latas de tinta customizadas podem apresentar diferenças de cor e isso fica muito evidente em espaços menores.

Ficou curioso? Quer aprender outras dicas? Matricule-se no curso de Administração de Obras e Serviços do Decorsalle.

Curso de Design de Interiores Decorsalle

Telefone: 2613-2850

Rua Paulo Cesar 107, salas 107 à 109

https://www.facebook.com/decorsalle/


Corpo Docente

Curso de decoração pioneiro no Rio de Janeiro, conta com uma equipe com larga experiência na arte de decorar. Professores dedicados e com experiência prática e teórica para formação de profissionais qualificados que querem seguir carreira na área de decoração.